Coisas de momento

Coisas de momento

Ele queria a sua felicidade unida a dela
Ela sonhava na numa união do sentimento
Ambos desejavam viver na plenitude do momento
Um mundo repleto de amor, uma nova era.

Um terceiro entra neste mundo idealizado
Espaço pequeno, amor ingênuo, mas não influenciado
Relação abalada, mas que não cala, um amor amado
Que resiste, que lutar, e nada é tocado.

Por fim, o amor saí como vencedor
A três, não dar, sim ao amor, não a dor
Continuam os planos sem pudor
Muito mais alegria, confiança e calor.

Rimas

Um aprendiz de poeta.

    %d blogueiros gostam disto: