Home

A colheita

Surpreso pela quantidade da colheita, o homem resolveu sair pela cidade oferecendo os frutos do seu trabalho, mas ninguém queria. Seja pela falta de dinheiro ou até mesmo porque não se estava precisando.

Após um dia de andanças pela cidade, ele começou a refletir e, tempo depois, chegou a conclusão de que toda aquela fartura não poderia ser perdida. Ele resolveu fazer doações para pessoas que gostavam de plantar e não tinha obtido tanto sucesso quanto ele obteve. Não esquecendo daqueles que estavam passando fome, enfim, doou alimentos para todos.

O tempo passou e, logo, recomeçou o período das chuvas, consequentemente, o tempo das plantações. O homem prepara as ferramentas, coloca o chapéu na cabeça, o bisaco de lado e sai em direção do roçado. No caminho, percebe a alegria dos vizinhos. Alguns sorrindo enquanto outros, cantando e, ele, os cumprimentam e segue o seu destino.

Chegando no roçado, ele percebe algo que não lhe agrada. Várias pessoas ocupando a área de terra escolhida por ele para plantar seus grãos de milho e feijão.

Eram pessoas que acreditavam que aquele local era o melhor, pois o homem tinha lucrado bastante. Queriam para elas e expulsaram o homem de lá.

Depois do ocorrido, o homem volta para casa, desiste do roçado e, com o passar do tempo, consome toda sua colheita. Preso em sua melancolia, começa a não mais querer fazer nada.

Veio a fome e, com ela, a falta de esperança. Os vizinhos assistem tudo. Quem ele sempre ajudou; o ignora. Por fim, chega o fim! Descansou.

PRIMEIRA PARTE )))) O Sol nasce para todos.
 

Ela

Ela estava sempre a esperar
Algo bom, belo e grandioso
Chegava até chorar
Ao perceber que era tudo fantasioso.

Idealizava o mundo e a vida
Era tudo imaginação
Na essência, sentia-se querida
No despertar da alegria no coração.

Valorizava o lado positivo de tudo
O que era ruim, reciclava
O amor regia o seu mundo
Mas a solidão a desafiava.

Acreditava na vivência da felicidade
O que fazia da tristeza, um sentimento desconhecido
Sonhava num amor de verdade
Que na alma, ele não fosse esquecido.
Minha esperança!

Pensamentos

Cuidado com os elogios, as vezes, eles vêm acompanhados de interesses.

No caminho do bem, não é aconselhável pegar atalhos.

Não te peço que gostes de mim, mas que valorize os meus acertos.

Ficamos presos aos pesadelos quando os nossos sonhos nos decepcionam.

Durante a nossa vida, várias pessoas cruzam o nosso caminho, mas são poucas que permanecem firme na amizade.

Quando o egoismo nos domina, vemos rivalidade até em ato de solidariedade.

As vezes, o meu jeito incomoda o jeito da outra pessoa.

O amor é único, porém (falso) adaptável aos interesses de quem ama.

Não se escolhe amar, o amor acontece; inevitável!

Não existe amar a pessoa errada, mas sim, amar no momento errado!

Tudo aquilo que vem fácil, inevitavelmente, vai embora na mesma proporção.

Os frutos das nossas escolhas chegam na medida que não esperamos.

Idealização

Sublime felicidade, ela sorriu pra mim
Estive num paraíso, uma alegria sem fim
Sobrava no coração, sentimento tão puro assim
Personifiquei na minha alma, essência de jardim.

Queria estar nos seus sonhos ideais
Ter a capacidade de torná-los reais
Ser a sua fortaleza e fonte de paz
Alimentando-o de um amor que te satisfaz.

Meu sonho é tornar o seu, realidade
Ser a sua riqueza infinita de felicidade
Ser o seu frio no calor da verdade
E o seu calor no frio da saudade.

Em Você

És como um labirinto, pois me perdi no teu amor
Um lugar tão bom, que saída jamais desejei encontrar
Acalentado por encanto; aquecido por te amar
Imaginei estar no paraíso; um cantinho de esplendor.

És como a mais brilhante estrela da constelação
Teu brilho ilumina minha vida e traz alegria ao coração
Minha alma é tocada com a pureza do teu sentimento
Meu corpo harmoniza ao teu toque no desejado momento.

És como o perfume da flor mais bela e desejada
Minha respiração reflete a tua numa sincronia perfeita
Meu coração ao toque do coração da minha amada
Unifica sentimentos, sensações, alma e beleza.

Inesquecível

Ela era como a mais bela flor idealizada
De beleza que fascinava a essência amada
Voz melódica, que na alma, se realizava
Tocava-lhe o coração, o sentimento de realizada.

Sua felicidade irrigava a minha felicidade
Seu jeito de amar, me conquistava a cada amanhecer
Seu sorriso era o meu estímulo para um dia de verdade
Seu carinho era a fonte de certeza do bem-querer.

Ao falar, minha alma personificava os meus sentimentos
Ao me tocar, minha essência conectava a um sublime amor
Aos nos amarmos, acontecia a fusão de tudo e de momentos
Completamente completos numa só vivencia de fervor…

A rosa e o jardim

Num jardim de beleza esplêndida
Uma rosa se destacava em elegância
Perfume que exalava sua essência
Beleza encantada nas pétalas como chama.

Concorrida por borboletas encantadas
Troféu para abelhas enfeitiçadas
Invejada por outros insetos, destruidores.
Sonhada como prova de amor para amores.

Ao raiar de um dia de Sol sublime
A rosa estava ausente do harmonioso do seu lar
É que passa um apaixonado a amar
Encantado com sua beleza, leva-a para a amada.

O jardim nunca mais foi o mesmo
A rosa, coitada, logo foi descartada
O apaixonado pensou que tinha uma amada
Vida tirada por um falso desejo.

Lembro de você

Ao olhar para os raios brilhantes do Sol; lembro de você
Na constelação do amor; percebo a sua presença
No jardim das belas flores; seu perfume me faz lhe perceber
Nos meus sonhos mais sublimes; você me traz esperança.

Ao amanhecer de um belo dia; sinto você em mim
Na mais bela canção; me acalmo na sua harmonia
Nos momentos de solidão; me faz alegria mesmo assim
Nas minhas poesias; é parte, é maior; é a sintonia.

Carrego o seu valioso carinho em meu coração
Sua lembrança anexada em minha alma
Seu olhar fascinante numa infinta emoção
Lembro de você, é constante, me acalma.

Divino amor

Querem classificar o amor
Até de simplificar a sua essência
Vivem a culpá-lo de causar dor
Frágeis e limitados em experiências.

Criadores de verdades do coração
Não percebem que o amor é Divino
Está além de nossa compreensão
Não se compra, não se ama exigindo.

A alma aquece quando ele chega
O coração dispara em sentimento
O corpo, loucamente, treme com surpresa
Sublime e grandioso, o amor e o momento.

Meu Jardim Florido

No meu jardim florido
É tudo lindo e enfeitado
Têm borboletas bonitas
E abelhas enxeridas.

No jardim têm muitas rosas
E belas margaridas charmosas
Bonitas violetas grandiosas
Cheiro de Jasmins maravilhosas.

Jardim de pássaros alegres
Flores cativantes e perfumadas
De infinita beleza encantada.

Meu jardim querido
Grande de coração bonito
Me deixa repleto de encantos.

Coração carente

Meu coração cansou da solidão
Interrompeu o choro e as lágrimas
Enxergou o horizonte em sua mão
Como uma intensidade máxima.

Viu a esperança sorrir de novo
A alegria bater a porta do coração
O amor lindo e garboso
Residir na alma com emoção.

Cresceu uma felicidade infinita
Carregada de sensações imponentes
Escolheu o amar como a preferida
Superou a realidade de um ser carente.