Home

em certos momentos NADA É TUDO

Quando achamos que somos capazes de realizar sonhos
Tudo nos leva a desanimar e nada nos encoraja.

Quando queremos lutar por alguma coisa
Tudo é complicado e nada é facilitado.

Quando precisamos desesperadamente da verdade
Tudo é sofrimento e nada é descoberta.

Quando somos derrotados e humilhado
Tudo é tristeza e nada nos alegra.

Quando amamos e não somos amados
Tudo é cruel e nada nos animas.

Quando precisamos de um perdão
Tudo é negado e nada é perdoado.

Em tudo que queremos, lutamos e pensamos
Tudo tem limites e nada é absoluto.

O amor

Fantástico e desejado por todos
Estar a serviço das emoções
Em cada vida, demonstram sensações.

Beleza que não prefere beleza
Se instala em qualquer coração
Sendo invisível, controla a emoção
Sem pedir licença, fica, permanece a pureza.

Cativante no sentido de conquistar
Incontrolável sentimento, anda na dádiva do viver
Divindade demonstrada na arte do amar.

Decantado sentimento incorporado
Sinônimo de bom, deixa um rastro de felicidade
Nas atitudes do coração no apaixonado.

Querido por instinto, procurado por prazer
Puro por natureza, necessário para viver
Nos encantos dos amados e no bem-querer.

Covardia

É a renúncia a coragem
É aceitar sem lutar
É viver a se machucar
Como rio com lixo nas margens.

É desviar-se da verdade
É ser ignorado pela vitória
É sorrir de quem chora
É excluir a personalidade.

É sentir e desistir
É sonho sem conteúdo
É querer a se ferir.

É andar sem destino
É sofrer sem porque
É desistir sem porque.

Felicidade

É dom firmado em preencher os momentos
É bem comum dedicado a servir
É sorriso certo na incerteza do sentir
É sentimento puro sobre saindo nos lamentos.

É sonho tornado em realidade
É sentido desejado a preferir
É presente dado a existir
É sensação dada da eternidade.

É gesto perfeito e conhecedor
É objetivo que une na essência
É tônico a construir vencedor.

É alimento do bem quando desejada
É segurança na vida do felizardo
É desconhecido em ignorado.

Simples poesia

Os traços poéticos contidos em meus versos
São meus sentimentos personificados
Sentimentos puros e qualificados
Talvez exagerados, confesso são modestos.

Sou poeta, permito que o impossível aconteça
Faço do poema instrumento da alma
Em momento de solidão, a alma me acalma
Perante sofrimento, não desisto, luto, mesmo diante da incerteza.

Falo de sentimento em linguagem simples e humilde
Não vejo derrotado quando se perde lutando
Ora quem se importa? Recompensa ser humano
Creio em Deus, é maravilhoso, acredite!

O objetivo em meus versos não é mudar o mundo
É descongelar os corações congelados
É despertar o romantismo nos incógnitos amados
Tocando na alma, no sentimento sensível e profundo.

Mulheres seres brilhantes

É o ser mais importante que a terra Deus enviou
Com trabalho e dedicação, o mundo, elas conquistaram
Com muita paciência nos ensinaram o que é o amor.

Dedicação que é contemplada no dia-a-dia
De cada uma destas guerreiras absolutas
Desafiando seus próprios desafios
Usando o amor para encarar as lutas.

Sonhadoras e infinitas lutadoras
Buscam o bem-estar de sua família
Ostentando um sorriso de felicidade.

Que sejam sempre assim!
Mulheres! Seres brilhantes.

Ser diferente

Sou diferente de um povo imundo
Que por sua vez, imunda o mundo
Desprezo o ódio, o mal profundo
Que corrompe o indivíduo a um vagabundo.

Não aprovo a solidão, comprovo-a nessas vidas
Do sofrimento extraio lição, condeno a opção bebida
Renego e ignoro as amizades falidas
Discordo da vingança atitude a ser esquecida.

Enojo o preconceito, sentimento de covarde
São dignos de pena os sem personalidade
Pois vivem na mentira, desconhecem a verdade.

Desaprovo a ingratidão, enfraquece o ser humano
Renego a perversa e destruidora inveja
Quem a seguir irá a morte eterna.

Homenagem ao Brejo da Madre de Deus

Terra de matas e serras
De história que marca
De água abundante
De fé pura e marcante.

Das matas, resplandecem vida
Das serras, uma visão esplêndida
Do povo, uma simpatia e fé
Intensamente sentida e dita.

Cidade histórica, que sua fibra, ostenta:
A imponente bravura do seu povo
De glória no passado, progresso no presente
E próspera no futuro novo.

Situado em um vale
Que vale muito para seus habitantes
Glorioso e honrado és tu!
Brejo da Madre de Deus.

Poema em encontro com Deus

Para cada pecado; um perdão.
Para cada perdão; uma felicidade.
Para cada felicidade; um momento.
Para todo momento; um sorriso.
Para cada sorriso; uma lembrança.
Para cada lembrança; um sentimento.
Para cada sentimento; um amor.
Para todo amor; uma vida.
Para toda vida. Há um DEUS.

Boas Vindas

Sejam bem-vindos!

 

 Vem por meio deste espaço agradecer a sua importante visita e, do mesmo modo, peço que antes de sair deste site, deixe-me seu comentário com sugestões, críticas construtivas ou elogios. Nossos canais para interatividade: E-mail, redes sociais, formulário de contato e no link “DEIXE UMA MENSAGEM” no lado direito deste site. Desde já agradeço por sua importantíssima mensagem! É um incentivo para continuar com este projeto.

 

Manoel Messias: Idealizador deste blog e do conteúdo publicado.